O que é a segurança do site e como você pode otimizá-la?

Aumente a segurança do seu site e proteja-se contra hackers, malware e outras ameaças com senhas seguras, certificados SSL, backups regulares, software antimalware e muito mais.
Última atualização 1º de novembro de 2023

 

Se você tem um escritório físico em sua empresa, é bem provável que faça questão de protegê-lo contra arrombamentos. Você mantém as portas trancadas fora do horário de expediente, guarda itens ou documentos valiosos em um local seguro e pode até contratar um guarda de segurança.

Mas você está dando o mesmo tratamento ao seu site? Você pode estar pensando: "É apenas um site. Como alguém poderia invadir um site? E por que eles iriam querer fazer isso?"

Bem, há vários motivos pelos quais alguém pode invadir seu site, portanto, é fundamental protegê-lo contra esses ataques. Mas como? É exatamente isso que discutiremos nesta página. Abordaremos:

Continue lendo para saber mais sobre a importância de ter um site seguro!

O que é segurança do site?

A segurança do site é um conjunto de práticas dedicadas a manter seu site protegido contra hackers, malware e outras ameaças. Há muitas ferramentas, estratégias e práticas recomendadas diferentes que você pode usar para melhorar a segurança do seu site, e examinaremos algumas delas mais adiante nesta página.

Por que a segurança do site é importante?

A segurança do site é importante porque, acredite ou não, há entidades que podem querer invadir seu site. Em alguns casos, essas entidades são bots ou vírus. Em outros casos, são hackers humanos.

Insights de especialistas Logotipo do Google

"A segurança é uma das principais prioridades do Google... Além de nossas próprias coisas, também estamos trabalhando para tornar a Internet mais segura de forma mais ampla. Uma grande parte disso é garantir que os sites que as pessoas acessam pelo Google sejam seguros."

Central de pesquisa do Google Fonte

Então, por que essas entidades atacam seu site? Há vários motivos. Às vezes, as pessoas estão atrás de informações confidenciais. Se você tem uma loja on-line, elas podem estar atrás das informações financeiras dos clientes. Outras vezes, elas querem usar seu site como host para malware.

Seja qual for o motivo, no entanto, com certeza há pessoas que podem ter interesse em invadir seu site, e é importante que você se proteja contra isso. Caso contrário, pessoas mal-intencionadas podem acabar obtendo informações confidenciais sobre sua empresa ou seus clientes (o que pode fazer com que você seja processado) e, no caso de malware, seu site pode até ser totalmente destruído.

5 dicas sobre como melhorar a segurança do site

Agora vamos falar sobre como você pode melhorar a segurança do site. Aqui estão cinco dicas de segurança de sites para implementar em sua empresa:

  1. Use senhas seguras
  2. Obter um certificado SSL
  3. Faça backup de seu site
  4. Obtenha um software antimalware
  5. Realizar testes frequentes
  6. Atualizar os plug-ins do CMS

Continue lendo para saber mais sobre cada um deles!

1. Use senhas seguras

A primeira maneira de garantir um site seguro é certificar-se de usar senhas fortes.

Qualquer tipo de conta com acesso aos controles administrativos do seu site deve ser protegida por senha, e as senhas em questão não devem ser fáceis de serem adivinhadas pelos hackers. Na verdade, é uma boa ideia alterar suas senhas de vez em quando para dificultar que os hackers as descubram.

Além disso, verifique se não está usando a mesma senha em todas as suas contas. Cada uma delas deve ser exclusiva. Caso contrário, os hackers precisarão descobrir apenas uma senha para ter acesso a todas as contas necessárias para entrar no seu site.

2. Obter um certificado SSL

O próximo item da nossa lista de dicas de segurança de sites é que você deve obter um certificado SSL. SSL significa Secure Sockets Layer (camada de soquetes seguros). Um certificado SSL protege as informações confidenciais de seu site e protege as transferências de dados.

Se você usa HTTPS em seu site, provavelmente já tem um certificado SSL.

O HTTPS é basicamente uma versão do protocolo HTTP padrão que adiciona SSL para aumentar a segurança. Você não só deve usar o HTTPS para proteger seu site, mas também deve fazê-lo porque o Google favorece os sites que usam HTTPS e, dessa forma, você terá uma classificação mais alta nos resultados de pesquisa.

3. Faça backup de seu site

Apesar de seus melhores esforços, sempre há uma chance de que hackers ou malware se infiltrem em seu site e o derrubem. Isso pode parecer assustador e, sem dúvida, é lamentável quando isso acontece, mas não precisa significar um desastre total.

Você pode facilitar a recuperação desse cenário simplesmente fazendo o backup do seu site.

Isso significa, basicamente, que você deve salvar uma cópia de todo o seu site para o caso de o site ativo ser danificado de forma irreversível. Isso não significa que você deva salvar apenas uma cópia, uma vez, e depois esquecer tudo. Seu site muda com o tempo, portanto, você deve salvar backups regularmente.

Dessa forma, se o seu site for destruído, você poderá substituí-lo facilmente pelo backup mais recente, em vez de ter que reconstruir tudo do zero.

4. Obtenha um software antimalware

Nem sempre são os hackers humanos que prejudicam seu site. Às vezes, são malwares ou vírus. Então, o que você faz com relação a esses programas mal-intencionados? A resposta é que você deve obter um software antimalware. Há diferentes tipos de software antimalware, e você pode usar uma ou várias ferramentas.

Dependendo da ferramenta, o software antimalware pode fazer qualquer combinação das seguintes ações:

  • Examinar rotineiramente seu site em busca de malware e alertá-lo quando algum for detectado
  • Remova o malware encontrado em seu site
  • Examine seu site em busca de pontos fracos que possam ser explorados por malware

Com o software certo, você pode combater qualquer malware em seu site ou, o que é mais preferível, evitar que ele entre.

5. Realizar testes frequentes

Uma das melhores coisas que você pode fazer para melhorar a segurança do site é realizar testes regulares no seu site. Para ser mais específico, você deve considerar a execução de testes de penetração. É nesse momento que você simula um hacker e tenta invadir seu próprio site por todos os meios possíveis.

Talvez você não tenha o conhecimento necessário para fazer isso sozinho, e isso não é problema.

Existem diferentes tipos de ferramentas que podem fazer isso por você. Ou, se quiser um toque humano, pode contratar uma equipe de hackers profissionais e éticos para invadir seu site.

Então, por que fazer isso? Se a tentativa de invasão simulada for bem-sucedida, isso significa que um hacker real também conseguiria entrar dessa forma. Você pode então entrar e corrigir os pontos fracos revelados pelo teste.

6. Atualizar os plug-ins do CMS

Se você usa um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) como o WordPress, é importante manter seus plug-ins de terceiros atualizados. Plugins desatualizados podem criar uma vulnerabilidade de segurança que dá aos hackers acesso direto ao seu site.

Mantenha seus plug-ins atualizados trabalhando com sua equipe de desenvolvimento.

Saiba de que outras formas você pode otimizar seu site no SEO.com

Ter um site seguro não só ajuda a evitar ameaças como hackers e malware, mas também melhora sua classificação no Google. Se quiser saber o que mais você pode fazer para otimizar seu site para os resultados de pesquisa, não deixe de conferir outros conteúdos úteis aqui mesmo no SEO.com!

Vamos gerar resultados Juntos Arqueiro Verde