Como criar URLs compatíveis com SEO em 6 etapas

Saiba como criar URLs otimizados para SEO que aumentam a classificação nos mecanismos de pesquisa e melhoram a experiência do usuário com nosso guia abrangente.
Última atualização 2 de novembro de 2023

 

URLs otimizados para SEO são endereços da Web destinados a serem compreendidos por mecanismos de pesquisa e por seres humanos. Esses URLs geralmente contêm palavras-chave ou frases relevantes que representam corretamente o conteúdo da página da Web.

Como você pode criar URLs compatíveis com SEO? Continue lendo para conhecer as práticas recomendadas e os conselhos sobre como criar URLs compatíveis com SEO que podem melhorar a experiência do usuário e as classificações do seu site nos mecanismos de busca. Vamos começar!

Vamos começar entendendo a anatomia de um URL

Um URL é o endereço on-line que os usuários inserem em seus navegadores para visitar uma página da Web. Ele é composto por vários componentes, incluindo os seguintes:

  • Protocolo
  • Nome de domínio
  • Subdomínio
  • Subpasta
  • Lesma

Protocolo

O protocolo vem primeiro em um URL e descreve como o navegador do usuário se comunicará com o servidor que hospeda a página. Atualmente, a maioria dos sites usa o protocolo padrão do setor - Hypertext Transfer Protocol (ou "http://") - para garantir a segurança e a precisão dos dados fornecidos.

Outro protocolo muito apreciado é o "https://", que acrescenta segurança por meio de criptografia. É ideal para lojas on-line ou sites que exigem que os usuários façam login usando suas informações pessoais. Ao obter um certificado SSL, você pode minimizar o risco de terceiros mal-intencionados interceptarem informações críticas, como senhas, números de cartão de crédito e detalhes pessoais.

Nome de domínio

Um nome de domínio serve como uma identificação distinta para um site. Os usuários inserem o endereço para visitar uma página da Web específica na barra de endereços do navegador. Normalmente, um nome de domínio consiste em dois componentes: O nome em si, que pode ser a marca ou a identidade do site, e uma extensão de domínio (.com,.org ou.net).

É fundamental escolher um nome de domínio adequado, pois ele afeta a acessibilidade, a legitimidade e a exposição de um site. Ele deve ser curto, fácil de lembrar e pertinente ao conteúdo ou às metas do site.

Por exemplo, se a sua empresa oferece itens de moda sustentável, você pode escolher o nome de domínio "ecochic.com" para mostrar seu compromisso com o meio ambiente e facilitar a lembrança e a localização on-line pelos clientes. Essa seleção de nome de domínio fortalece a reputação de sua marca e aumenta a possibilidade de atrair compradores interessados em moda sustentável.

Subdomínio

Um subdomínio é uma parte de um domínio maior que é usado para agregar e categorizar sites ou funcionalidades específicas da Internet. Ele é adicionado como um prefixo ao nome do domínio principal. Por exemplo, você pode usar os subdomínios "blog.example.com" ou "store.example.com" para distinguir entre suas partes de blog e comércio eletrônico.

Os subdomínios beneficiam sua empresa, pois oferecem uma excelente estrutura e uma navegação fácil de usar. Além disso, você pode usá-los para se concentrar em frases de palavras-chave ou dados demográficos específicos, aumentando a visibilidade e a relevância do seu site nos resultados dos mecanismos de pesquisa.

Subpasta

As subpastas são diretórios criados dentro do domínio principal para classificar e organizar o material relevante. Esse método pode ser vantajoso se o seu site tiver conteúdo significativo ou fornecer vários produtos e serviços.

Por exemplo, você pode usar subpastas para dividir as categorias de produtos das ofertas de roupas e eletrônicos da sua empresa. Seu nome de domínio principal pode ser "www.company.com", com a área de vestuário localizada em uma subpasta como "www.company.com/clothing" e a seção de eletrônicos em um subdomínio distinto como "www.company.com/electronics". Essa abordagem facilita a navegação simples dos usuários no site.

Ao organizar o material em subpastas, você pode estabelecer uma estrutura lógica que simplifica a exploração e a obtenção das informações necessárias pelas pessoas. Além disso, você pode otimizar as subpastas com palavras-chave para aumentar a exposição do site nos mecanismos de pesquisa e atrair mais visitantes relevantes.

Lesma

Um slug é a parte do URL que designa uma determinada página ou informação em seu site. Normalmente, é uma frase ou palavra breve, mas precisa, que resume corretamente as informações da página. O slug geralmente é incluído no URL após o nome de domínio e os subdiretórios. Ele ajuda os usuários e os mecanismos de pesquisa a compreender o conteúdo das suas páginas da Web antes de clicar nelas.

Por exemplo, o slug no URL "www.example.com/blog/how-to-make-a-delicious-cake" seria "how-to-make-a-delicious-cake" (como fazer um bolo delicioso). Ao expressar inequivocamente que a página é sobre como fazer um bolo delicioso, esse slug torna mais fácil para os usuários descobrirem as informações relevantes e para os mecanismos de busca indexarem e classificarem a página corretamente.

Os slugs são frequentemente criados automaticamente, dependendo do título ou do cabeçalho da página, mas você também pode alterá-los manualmente para aumentar a eficiência. Esse ajuste pode ser vantajoso para os objetivos de SEO, pois permite que você incorpore palavras-chave apropriadas que as pessoas possam procurar.

Por que os URLs são importantes para SEO

Os URLs são importantes para a SEO porque são cruciais para determinar a relevância e o posicionamento de uma página da Web nos resultados dos mecanismos de pesquisa. Os URLs são importantes em SEO. Tanto os usuários quanto os mecanismos de pesquisa podem obter informações úteis sobre o conteúdo de um site a partir de um URL bem otimizado. Um URL descritivo e rico em palavras-chave também pode aumentar as taxas de cliques e atrair mais tráfego natural para um site.

Além disso, os URLs são fundamentais para determinar a estrutura e a organização gerais. Os mecanismos de pesquisa examinam os URLs para compreender a hierarquia e as conexões entre as páginas do site. Os usuários podem localizar o conteúdo relevante com mais eficiência devido à melhor indexação e classificação do site pelos mecanismos de pesquisa.

Como criar URLs compatíveis com SEO

Veja como criar URLs compatíveis com SEO:

  1. Escolha entre um URL estático e um URL dinâmico
  2. Realizar pesquisa de palavras-chave
  3. Use as palavras-chave para criar um título de página
  4. Comece a otimizar seu permalink
  5. Inclua breadcrumbs relevantes em seus URLs
  6. Teste seus URLs para garantir que eles não retornem um erro 404

1. Escolha entre um URL estático e um URL dinâmico

Comece decidindo entre URLs estáticos e dinâmicos, dependendo das demandas e dos objetivos de seu site. Um URL estático é um endereço definido que não muda sem alterações no conteúdo ou na estrutura do seu site. Um URL dinâmico, por outro lado, é criado automaticamente com base em vários critérios, como entrada do usuário ou consultas ao banco de dados.

URL estático vs. URL dinâmico: Qual é o melhor para SEO?

Os mecanismos de pesquisa geralmente preferem URLs estáticos porque são mais simples de entender e indexar. Eles são mais fáceis de usar e têm maior probabilidade de atrair visitantes orgânicos porque incluem palavras-chave pertinentes. Por outro lado, os URLs dinâmicos podem ser mais flexíveis, facilitando o rastreamento e o gerenciamento do conteúdo do site.

Prós e contras do URL estático

Prós Contras
Fácil de lembrar e compartilhar

Melhor para a indexação do mecanismo de pesquisa

Pode melhorar a experiência do usuário

Pode melhorar a velocidade de carregamento do site

Inclui palavras-chave relevantes

Probabilidade de atrair tráfego orgânico

Flexibilidade limitada

Difícil de atualizar ou alterar

Pode levar a problemas de conteúdo duplicado

Prós e contras do URL dinâmico

Prós Contras
Altamente personalizável

Mais fácil de atualizar e alterar

Adequado para sites de grande porte com conteúdo em constante mudança

Permite campanhas de marketing direcionadas com base em parâmetros de URL

Pode fazer com que os parâmetros de URL sejam ignorados pelos mecanismos de pesquisa

Menos fácil de usar e compartilhar

Pode levar a links quebrados se os parâmetros não forem gerenciados adequadamente

2. Realizar pesquisa de palavras-chave

Em seguida, faça uma pesquisa de palavras-chave para encontrar frases apropriadas para o seu site. A pesquisa de palavras-chave implica encontrar os termos e frases que seu mercado-alvo provavelmente usará ao procurar produtos ou serviços comparáveis aos seus. Essa etapa é essencial para tornar seu URL amigável aos mecanismos de pesquisa e atrair visitantes orgânicos.

A inclusão dessas palavras-chave no conteúdo do seu site aumenta a probabilidade de ele aparecer nas páginas de resultados de mecanismos de pesquisa (SERPs) quando os usuários digitarem essas frases de pesquisa específicas. Além disso, a pesquisa de palavras-chave pode ajudá-lo a localizar palavras-chave de cauda longa que sejam mais especializadas e menos competitivas, aumentando suas chances de aparecer mais alto nas SERPs.

Aqui estão algumas das práticas recomendadas para realizar pesquisas de palavras-chave:

  • Comece elaborando uma lista de temas e tópicos pertinentes relacionados ao seu site ou empresa.
  • Utilize ferramentas de pesquisa de palavras-chave como Google Keyword Planner, Semrush ou Moz Keyword Explorer para encontrar palavras-chave populares e altamente classificadas em seu setor.
  • Descubra quais palavras-chave seus rivais estão usando para se classificar, examinando os sites deles.
  • Procure palavras-chave de cauda longa com baixos volumes de pesquisa, mas com altas taxas de conversão para uma melhor segmentação.
  • Considere a intenção de pesquisa da palavra-chave e otimize seu conteúdo para fornecer informações ou soluções úteis.

Quando você tiver uma lista de todas as palavras-chave que seus URLs segmentarão, poderá passar para a próxima etapa!

3. Use as palavras-chave para criar um título de página

Use essas palavras-chave para criar um título de página conciso, descritivo e direto. O título da página é um dos componentes mais importantes do SEO, pois aparece como um link clicável nos resultados dos mecanismos de pesquisa. Ele deve representar adequadamente o conteúdo da página e persuadir os visitantes a clicar.

Aqui estão algumas dicas para criar títulos de página atraentes:

  • Incorpore suas palavras-chave direcionadas ao título da página de forma natural, sem enchimento de palavras-chave.
  • Procure usar um título com cerca de 50 a 60 caracteres para garantir que ele seja totalmente exibido nos resultados de pesquisa.
  • Considere incluir palavras poderosas ou verbos de ação para tornar seu título mais atraente.
  • Teste diferentes títulos e monitore o desempenho deles para encontrar o mais eficaz para sua página.

Você pode aumentar suas chances de obter uma classificação mais alta e aumentar o tráfego orgânico combinando organicamente as palavras-chave desejadas no título. Além disso, evite o excesso de palavras-chave, pois isso pode prejudicar seu site aos olhos dos mecanismos de pesquisa.

Em vez disso, concentre-se na criação de um título que resuma corretamente as informações da sua página e que os obrigue a clicar.

4. Comece a otimizar seu permalink

Uma nova página ou post em um sistema de gerenciamento de conteúdo como o WordPress deve gerar automaticamente um permalink quando você o cria. Portanto, comece a otimizá-lo para ajudar os mecanismos de pesquisa a entender melhor o conteúdo do seu site.

Aqui estão algumas práticas que você pode empregar para otimizar seu permalink para SEO:

  1. Remover caracteres especiais ou símbolos
  2. Inclua a palavra-chave principal em seu URL
  3. Use letras minúsculas em seus URLs
  4. Mantenha seus URLs curtos e simples
  5. Use hífens (-) em vez de sublinhados (_)

Vamos dar uma olhada mais de perto!

a) Remover caracteres especiais ou símbolos

O permalink da sua página pode incluir letras ou símbolos exclusivos que confundem os mecanismos de pesquisa e dificultam a compreensão do contexto da sua página. Remova todas as letras ou símbolos individuais para garantir que seu URL seja compatível com SEO. Use termos que reflitam com precisão o conteúdo de seu website em vez de termos confusos e ambíguos.

b) Inclua a palavra-chave principal em seu URL

A palavra-chave principal em seu URL pode ajudar os mecanismos de pesquisa a determinar a pertinência de um tópico ou consulta de pesquisa ao seu website. Se fizer isso, você terá mais chances de obter uma classificação mais alta nas SERPs para essa frase.

No entanto, é melhor evitar encher seu URL de termos, pois os mecanismos de pesquisa podem considerar isso spam. Em vez disso, tente incluir sua palavra-chave principal em um URL conciso e descritivo que capture com precisão as informações da sua página.

c) Inclua a palavra-chave principal em seu URL

Use caracteres minúsculos em seus URLs para manter a uniformidade e evitar ambiguidade. Isso se deve à sensibilidade a maiúsculas e minúsculas dos URLs, o que faz com que os mecanismos de pesquisa considerem "exemplo.com/Página" e "exemplo.com/página" como duas páginas diferentes.

Ao adotar letras minúsculas, você pode evitar possíveis problemas e garantir que seus URLs sejam padrão e diretos para as pessoas e os mecanismos de pesquisa.

Além disso, como alguns sistemas operacionais e navegadores podem ter problemas para decifrar URLs com caracteres maiúsculos, a utilização de letras minúsculas pode ajudar a tornar seu site mais acessível.

d) Mantenha seus URLs curtos e simples

Mantenha os URLs breves e diretos para aprimorar a experiência do usuário e simplificar a memorização e o compartilhamento dos links pelos visitantes. Pode ser assustador e desafiador inserir URLs longos e complicados, o que resulta em erros e irritação para os usuários.

Manter seus URLs curtos e diretos facilita a vida dos leitores e aumenta a probabilidade de seu conteúdo ser clicado e compartilhado em sites de redes sociais.

Além disso, os mecanismos de pesquisa gostam de URLs mais curtos, pois eles parecem mais relevantes e confiáveis. Como resultado, ao projetar os URLs do seu site, é fundamental favorecer a simplicidade e a brevidade.

e) Use hífens (-) em vez de sublinhados (_) em seus URLs

É aconselhável usar hífens (-) em vez de sublinhados (_) ao decidir qual caractere usar em seus URLs. Os hífens são mais simples de ler e compreender, tanto para as pessoas quanto para os mecanismos de pesquisa.

Por outro lado, os sublinhados podem ocasionalmente ser mal interpretados como espaços, o que pode causar links quebrados e confusão para o usuário. Portanto, para obter a melhor estrutura e clareza de URL, é recomendável usar hífens.

5: Inclua breadcrumbs relevantes em seus URLs

Breadcrumbs são uma ferramenta de navegação que ajuda os visitantes a entenderem sua localização atual em um site. Eles geralmente aparecem na parte superior de uma página da Web e fornecem uma trilha hierárquica de links que vão desde a página inicial até a página atual.

Você pode fornecer mais informações aos mecanismos de pesquisa e simplificar a indexação e a classificação dos seus sites incorporando breadcrumbs nos URLs. Além disso, os breadcrumbs podem aprimorar a experiência do usuário, facilitando o retorno a páginas ou categorias anteriores. Isso pode ser extremamente útil para sites maiores com várias camadas de classificação.

6: Teste seus URLs para garantir que não retornem um erro 404

Teste seus URLs para verificar se não estão retornando um erro 404 para manter uma experiência de usuário consistente e otimizar o SEO do seu site. Um erro 404 ocorre quando um URL solicitado não pode ser encontrado no servidor, o que causa frustração nos usuários e pode prejudicar as classificações do seu site.

Verifique regularmente seus URLs para garantir que eles levem às páginas desejadas, clicando neles para evitar isso. Se forem encontrados erros 404, conserte os links quebrados ou redirecione imediatamente os URLs para os sites apropriados. Esse método melhorará a experiência do usuário, bem como a operação geral do seu site. O monitoramento e a correção regulares de erros 404 podem melhorar a forma como os mecanismos de pesquisa examinam e indexam o seu site, levando a classificações mais altas.

Perguntas frequentes

Saiba mais sobre como o SEO e os URLs se sobrepõem com estas perguntas frequentes:

A alteração de URLs afeta o SEO?

A alteração de URLs afeta a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO), influenciando as classificações de pesquisa orgânica.

Isso ocorre porque um URL é o endereço do conteúdo do seu site - é o que o Google conhece e, quando você altera o URL, seja no nível do slug, da pasta ou do domínio, está solicitando ao Google que aprenda o novo endereço do seu conteúdo. Isso leva tempo (e um pouco de confiança).

Qual é o impacto de SEO da alteração de URLs?

O impacto da alteração de URLs em termos de SEO varia e pode variar entre melhorar (ou diminuir) o seguinte:

  • Classificações
  • Tráfego orgânico
  • Métricas de envolvimento do usuário, como tempo na página e taxa de rejeição

Embora o Google descreva o impacto de SEO como mínimo (e raro quando isso acontece), muitos especialistas em SEO recomendam a alteração de URLs para fins de SEO, seja mudando para um domínio mais confiável, criando URLs mais descritivos ou estabelecendo uma estrutura de site mais intuitiva.

Como a alteração de um URL afeta o SEO?

De acordo com o Google, a alteração de um URL pode afetar o SEO de forma positiva, negativa ou neutra:

  • Impacto positivo: Se o novo URL for mais descritivo e contiver palavras-chave relevantes, ele poderá melhorar as classificações e atrair mais tráfego orgânico. Isso ocorre porque os mecanismos de pesquisa dependem dos URLs para entender o conteúdo e a relevância de uma página da Web. O uso de palavras-chave no URL facilita a correspondência entre a consulta do usuário e o conteúdo da página da Web para os mecanismos de pesquisa.
  • Impacto negativo: Por outro lado, a alteração de um URL pode ter consequências negativas se não for feita corretamente. Se o novo URL não for redirecionado corretamente a partir do antigo, isso pode levar a links quebrados e erros 404, causando uma queda nas classificações e no tráfego orgânico.
  • Modo neutro: Se a alteração do URL for implementada corretamente e todos os redirecionamentos forem configurados adequadamente, o impacto nas classificações dos mecanismos de pesquisa e no tráfego orgânico poderá ser neutro. Embora a alteração do URL possa não necessariamente melhorar as classificações ou o tráfego, ela não os afetará negativamente.

Quando a alteração de URLs pode ajudar seu SEO?

A alteração de URLs pode ajudar seu SEO nos seguintes cenários:

Você tem URLs ilegíveis

Qual URL é mais fácil de ler?

  • https://www.example.com/clothing/womens/dresses/floral-dress/
  • https://www.example.com/clothing/womens/dresses/1234-summer-2023-floral-dress

O primeiro, certo?

Alterar um URL de difícil leitura para uma versão mais acessível pode beneficiar seu SEO ao proporcionar uma melhor experiência para usuários e rastreadores da Web. John Mueller, do Google, cita isso como um motivo para alterar um URL (embora ele observe que isso só pode beneficiar o seu URL).

Você cria redirecionamentos 301

Altere um URL sem configurar um redirecionamento 301 - que sinaliza que um URL foi movido permanentemente - e você criará um problema de URL que prejudica seu SEO. Configure um redirecionamento 301 e você beneficiará (e protegerá) seu SEO compartilhando com usuários e mecanismos de pesquisa que seu conteúdo foi movido para um novo local.

É por isso que criar um redirecionamento 301 é uma prática recomendada do setor ao alterar URLs.

Você repara a canibalização de palavras-chave

A segmentação da mesma palavra-chave em várias páginas pode levar à canibalização de palavras-chave, o que não ajuda seu site a melhorar as classificações de pesquisa orgânica ou o tráfego. Em vez disso, você sobrecarrega seu site com conteúdo que, embora diferente, é um pouco próximo demais .

Reunir essas páginas pode ajudar seu SEO e, para isso, você precisa alterar os URLs.

Quando a alteração de URLs pode prejudicar seu SEO?

A alteração de URLs pode prejudicar seu SEO nos seguintes cenários:

Você cria erros 404

Você verá um impacto negativo de SEO ao alterar os URLs quando não configurar os redirecionamentos 301. O que acontece nesse cenário é que todos os seus backlinks internos e externos para seu URL se tornam erros 404.

Esses links quebrados levam a uma experiência de usuário terrível (as pessoas não conseguem chegar onde estão tentando) e informam aos rastreadores da Web que esse conteúdo não existe! A configuração de um redirecionamento 301 é vital porque redireciona os usuários e os rastreadores da Web para o seu novo URL.

Você ignora as atualizações do mapa do site

O mapa do site é uma ferramenta poderosa na otimização de mecanismos de busca. Por meio do mapa do site, os rastreadores da Web podem explorar todos os níveis do seu site, o que é fundamental para pastas que se encontram mais profundamente em seu site, como https://www.example.com/clothes/womens/dresses/fall/.

Você fornece informações imprecisas aos rastreadores da Web se alterar os URLs e não atualizar o mapa do site.

Você muda para um domínio fraudulento

Está pesquisando o impacto de SEO da alteração de URLs no nível do domínio?

Em seguida, você precisará considerar o histórico do seu domínio. Você pode fazer isso de algumas maneiras, como acessar antecipadamente a conta do Google Search Console do domínio (aqui, você pode ver se o site tem alguma ação contra ele) ou usar ferramentas de verificação de lista negra para ver se o domínio está na lista negra.

Se você não fizer isso e mudar para um domínio fraudulento, poderá ver efeitos adversos em seu SEO.

Quando a alteração de URLs pode manter seu SEO?

A alteração de URLs pode manter seu SEO (ou ter impacto zero) nos seguintes cenários:

Você embeleza URLs

Embora você possa não gostar da aparência de https://www.example.com/blog/10-ways-to-tie-a-knot/, é improvável que a alteração do URL para https://www.example.com/blog/ways-to-tie-a-knot/ tenha um impacto na otimização do mecanismo de pesquisa.

Se quiser renomear URLs para facilitar a leitura, concentre-se naqueles que são mais difíceis de ler do que isso.

Você configurou 301 redirecionamentos

É importante observar aqui que os redirecionamentos 301 são essenciais ao alterar URLs.

Um redirecionamento 301 ajudará a proteger seus esforços de SEO, informando aos mecanismos de pesquisa e aos usuários o novo endereço on-line do seu conteúdo. Portanto, mesmo que você não veja um impacto positivo de SEO ao alterar os URLs, os redirecionamentos 301 ajudarão a manter seu SEO.

Quando você deve alterar os URLs?

Há vários motivos pelos quais as empresas alteram os URLs, incluindo:

  • Representar a reformulação da marca ou fusão da empresa (por meio de uma mudança de nome de domínio)
  • Melhorar a legibilidade do URL
  • Estabelecer a arquitetura do site
  • Suporte ao compartilhamento em sites de terceiros
  • Condensar o conteúdo do site

Se estiver pensando em URLs, reserve um tempo para considerar o motivo pelo qual está fazendo isso e o impacto desse motivo, especialmente se estiver comprometido com a criação de um site otimizado para SEO.

Como alterar melhor os URLs (e preservar seu SEO)

Ok, então você decidiu aceitar o impacto das alterações de URL sobre o SEO. Veja como começar:

  1. Crie uma arquitetura de site eficaz, como /clothing/women/dresses/
  2. Crie URLs curtos e descritivos, como /clothing/women/dresses/floral-dress/
  3. Use hífens para separar palavras em URLs, como /blog/summer-look-book/
  4. Use redirecionamentos 301 para direcionar os mecanismos de pesquisa e os usuários para o novo local do seu URL
  5. Realize uma auditoria de SEO para encontrar e corrigir erros 301, 404 e cadeias de redirecionamento

Com essas dicas, você pode aumentar suas chances de sucesso ao alterar URLs.

Para obter mais orientações sobre otimização de mecanismos de pesquisa, consulte nossa biblioteca de recursos de SEO.

Vamos gerar resultados Juntos Arqueiro Verde