5 boas práticas de SEO para o Webflow

O Webflow é um construtor de sítios Web optimizado para SEO com funcionalidades como velocidades de carregamento de página rápidas, URLs optimizados para SEO e edição de metadados sem código. Saiba como otimizar o Webflow para SEO agora.
Última atualização 1 de novembro de 2023

Existem várias formas de criar um sítio Web. Um método é construí-lo de raiz. Outra é utilizar um sistema de gestão de conteúdos (CMS). Mas se não quiser fazer nenhum destes métodos, existe uma terceira opção - um construtor de sítios Web como o Webflow.

Talvez esteja a pensar utilizar o Webflow para criar o sítio Web da sua empresa. Se for esse o caso, uma das coisas que provavelmente está a considerar são as suas capacidades de otimização para motores de busca (SEO). Ou talvez já esteja a utilizar o Webflow. Nesse caso, pode estar a pensar como melhorar a SEO no Webflow.

De qualquer forma, a SEO é uma faceta importante de qualquer sítio Web. Então, como é que funciona no Webflow? Essa é a pergunta a que estamos aqui para responder. Iremos abordar o seguinte nesta página:

Continue a ler para saber mais sobre cada um destes tópicos!

O Webflow é amigo do ambiente?

O Webflow é compatível com SEO. Na verdade, é um dos construtores de sites mais amigáveis para SEO que existem. Concorrentes como Wix não são exatamente ruins quando se trata de SEO, mas eles não estão à altura do Webflow, que faz questão de considerar o SEO.

Esta vantagem deve-se, em parte, ao facto de plataformas como o Wix terem sido fracas no departamento de SEO e só mais tarde terem introduzido algumas funcionalidades de SEO para melhorar essa área. Mas o Webflow teve praticamente em conta a SEO desde o início, o que lhe confere uma vantagem nesse domínio.

Para quem é que o Webflow é bom?

O Webflow é um excelente construtor de sítios Web para uma grande variedade de empresas. Não se especializa num determinado sector, funciona para todas as dimensões de empresas e é ótimo tanto para sítios Web normais como para lojas de comércio eletrónico.

Dito isto, o Webflow é melhor para as empresas que pretendem ter muitas opções de personalização para o seu sítio, mas que pretendem algo mais fácil do que um CMS como o WordPress. O Webflow é fornecido com um editor de sítios Web muito preciso e avançado, mas ainda assim facilita a criação do seu sítio Web.

Funcionalidades do Webflow que promovem a SEO

O Webflow tem várias funcionalidades que ajudam a impulsionar a SEO na plataforma. Algumas dessas funcionalidades incluem:

  • Velocidades de carregamento de página rápidas
  • URLs optimizados para SEO
  • Edição de metadados sem código
  • Etiquetas canónicas
  • E muito mais!

Todas estas funcionalidades (e outras) ajudam-no a melhorar a qualidade da sua SEO no Webflow.

5 boas práticas de SEO para o Webflow

Já falámos sobre o que o Webflow oferece para ajudar a sua SEO, mas isso não significa que o Webflow faça tudo por si. Ainda tem de se esforçar para otimizar o Webflow para SEO. Então, como é que pode fazer isso?

Seguem-se cinco passos que pode seguir para aumentar a classificação e o tráfego do seu sítio Webflow nos motores de busca:

  1. Ativar as funcionalidades técnicas de SEO do Webflow
  2. Gerar automaticamente o seu mapa do sítio
  3. Impedir que os motores de busca indexem o seu domínio de teste
  4. Ligar a Consola de Pesquisa do Google e o Google Analytics
  5. Torne o seu sítio acessível

Continue a ler para saber mais sobre cada um deles!

1. Ativar as funcionalidades técnicas de SEO do Webflow

Um dos aspectos mais complicados da SEO para muitas empresas é a componente técnica. Embora a pesquisa de palavras-chave, a SEO na página e o desenvolvimento de conteúdos de topo sejam essenciais, não negligencie o back end.

O Webflow inclui funcionalidades fáceis de utilizar que podem ajudá-lo a otimizar alguns componentes técnicos essenciais de SEO, como a redução do código e a ativação do SSL. Estas tácticas ajudarão o seu sítio a carregar mais rapidamente e a melhorar a segurança do mesmo.

Para aceder a estas funcionalidades SEO do Webflow, vá a Definições do projeto > Alojamento > Opções avançadas de publicação. A partir daí, active as selecções e está pronto para começar!

2. Gerar automaticamente o seu mapa do sítio

Outra tática crucial a utilizar no Webflow para SEO é a criação de um mapa do site. Um mapa do site é um ficheiro que apresenta todas as páginas do seu sítio Web e mostra como estão interligadas. Depois de criar o mapa do site, envie-o para o Google. O envio permite que o Google identifique todas as páginas do seu site e as classifique.

Se não souber por onde começar a criar o seu mapa do sítio, o Webflow oferece uma opção para o gerar automaticamente. Aceda às definições do seu projeto e, em seguida, encontre SEO. Na secção Mapa do sítio pode mudar a opção em "Gerar automaticamente o mapa do site" para "Sim".

3. Impedir que os motores de busca indexem o seu domínio de teste

Embora tome todas estas medidas para melhorar a sua SEO no Webflow, não quer que o conteúdo duplicado prejudique os seus potenciais resultados. Os motores de busca querem mostrar aos utilizadores conteúdos únicos, por isso, se um site tiver duas páginas iguais, normalmente escolhem uma para mostrar. 

No Webflow, o seu sítio vem automaticamente com um domínio de teste. Um domínio de teste é uma réplica do seu sítio que pode utilizar para desenvolvimento sem afetar o sítio ativo. 

Como resultado, deve impedir que os motores de busca vejam o domínio de teste para que não tenha um impacto negativo nos seus esforços de SEO. 

Para o fazer, aceda às definições do seu site e seleccione "desativar a indexação de subdomínios do Webflow".

4. Ligar a Consola de Pesquisa do Google e o Google Analytics

Nenhum conselho de SEO do Webflow estaria completo sem mencionar a análise. Ferramentas como a Consola de Pesquisa do Google e o Google Analytics fornecem as métricas necessárias para o ajudar a acompanhar o seu desempenho de SEO. 

No Google Analytics, pode avaliar o envolvimento dos utilizadores, as visualizações de páginas e muito mais. A Consola de Pesquisa do Google fornece informações ao nível das palavras-chave sobre as suas impressões, cliques e posição média no ranking.

Página inicial da Consola de Pesquisa do Google

Felizmente, o Webflow permite-lhe ligar ambas as plataformas diretamente ao seu CMS. Siga as instruções no site do Webflow para ligar a Consola de Pesquisa do Google e integrar o Google Analytics.

5. Tornar o seu sítio acessível

Por último, é fundamental tornar o seu sítio acessível aos utilizadores. Em primeiro lugar, o seu sítio deve ser navegável. A forma mais simples de o conseguir é garantir que tem uma barra de navegação no topo da página para que os utilizadores possam orientar-se no site.

O outro tipo de acessibilidade a considerar é o das pessoas com deficiências, como a deficiência visual. Algumas formas de tornar o seu sítio mais acessível para essas pessoas incluem:

  • Tornar o texto do seu sítio acessível aos leitores de ecrã
  • Evitar encher o texto alternativo da sua imagem com palavras-chave
  • Utilizar um bom contraste de cores no seu sítio Web

A utilização destas tácticas ajudá-lo-á a reter mais tráfego e fará com que o Google veja o seu site de forma mais favorável e o classifique melhor.

Saiba mais informações sobre as melhores práticas de SEO em SEO.com

Agora que já sabe como otimizar o Webflow para SEO, pode começar a pôr em prática as dicas acima. Mas não se fique por aqui - existem muitas outras tácticas de SEO que também pode utilizar para melhorar o tráfego do seu site.

Para saber mais sobre estas outras dicas e truques, consulte outros conteúdos úteis aqui no SEO.com!

Vamos gerar resultados Juntos Arqueiro Verde